Mostrando postagens com marcador Slide. Mostrar todas as postagens

Minas do Quamaquã : Roteiro no Sul que está abandonado.

8 comentários


O Rio grande do sul tem paisagens e roteiros turísticos imperdíveis que as vezes são esquecidos ou não mais explorados.
Minas de Camaquã é um desses lugares, fica a Cerca de 300 quilômetros de Porto alegre-RS , com a população de mais ou menos 600 habitantes .


Local com belas formações rochosas em formatos exóticos onde ufólogos inspiram-se para encontros místicos .




Tive o prazer de visitar essa cidade em 2014  , bem na época que estava sendo gravada a série animal , da Netflix , esse é um  entre muitos filmes que já foram gravados por lá , pois o  cenário é realmente inspirador.

 
 Antigamente  havia trabalho de mineração de cobre , datada em 1865 , teve recentemente um turismo cheio de adrenalina em meio a natureza , como esportes náuticos ,tirolesa , trilhas , arvorismo ,rapel, mergulho e um city tour pelas minas desativadas e a bela lagoa azul , infelizmente hoje isso tudo está totalmente desativado .



A Minas Outdoor Sports, oferecia para o turista a estrutura necessária para desenvolver essas atividades,
possuía autorização para ingressar na mina desativada  e na barragem João Dia , hoje não sendo mais possível.
Outro atrativos eram possível ser visitadas sem auxilio da agência, uma cidade perfeita para uma semana repleta de aventura. 
Minas do Camaquã me deixou saudades, quando fui refazer meu roteiro (2020) , descobri essa grande perca , pro turismo Gaúcho. 


Na  Pedra da cruz ,era possível subir até o topo ,onde havia uma cruz de metal com 17 metros , onde após um vendaval caiu e não foi recuperada.


                Sede da fazenda João Dias.


                      Casa de Pedra 

            Esse local abriga o CTG Ronda Crioula.


                        Cine Rodeio

salão no estilo “velho oeste” onde funcionava um cinema. Em frente estão expostos permanentemente máquinas e vagonetes usados nas minas.



Curiosidade sobre o local:
As residências são hierarquicamente distribuídas. 
As melhores, nos pontos mais altos e com melhor visual, pertenciam a pessoas com os cargos mais elevados como os engenheiros já as residências mais simples estão localizadas nas áreas mais baixas.

Minha dica Pessoal: 
Assista , a série Animal e curta cenários e paisagens de Minas do Camaquã, com uma história de instinto selvagem  a série tem  no elenco Edson Celulari e Cristiana Oliveira.

Madri pela primeira vez ? Por onde começar !

6 comentários
Se você vai a Madri pela primeira vez , tenho neste post algumas dicas importante , que farão sua estadia muito tranquila .

Hospede-se  pelas proximidades da Gran via e localize sempre pela  porta do sol  ,que é uma praça central ,onde se tem fácil acesso para turistar quase todos os pontos turistcos a pé e fica próximo as principais estações de metrô e trens.
 






Nesse ponto está localizado o marco zero da Espanha.
Aconselho que inicie seu roteiro de primeiro dia por aqui, assim você vai ambientando-se na cidade . 
Aproveite e já compre seu passaporte para o auto car e bate e voltas pela Espanha ,ou seja programe seus próximos dias.


Esse é um roteiro relativamente rápido pelo centro de Madri a pé: 

Puerta del Sol (praça central de Madrid).
Plaza Mayor (historicamente a principal praça de Madrid).
  • Mercado de San Miguel (o mais tradicional mercado madrilenho).
  • Plaza de la Villa (praça que ainda mantém o um aspecto bem antigo)Voce poode fazer seu roteiro próximo do almoço e aproveitar para almoçar ou deliciar com a variedade de TAPAs no Mercado São Miguel , para seu lanche da tardardinha voce pode visitar os Churros da San Guines, que por lá é tradicional como o nosso cafezinho com pão de queijo. A noite a dica é caminhar pela Gran via ,pois funciona 24 horas , assista uma peça de teatros e jante .

  • Aconselho que fique no mínimo uma semana nessa cidade que tem muita cultura e história espalhada pelas ruas. 

HUAYNA PICCHU

13 comentários
A montanha de Huayna Picchu é a montanha icônica das fotos de Machu Picchu .A trilha (popularíssima)vai da cidadela de Machu Picchu ao topo da montanha Huayna Picchu, eu fiz apenas a primeira parte devido as minhas condições físicas + altitude.
O pico  está por volta de 2.720 metro acima do nível do mar e forma parte das três Montanha sagradas existentes no santuário de Machu Picchu.

           "A jovem montanha " 
em quíchua, está localizada no Peru e forma parte oriental do maciço de Salcantay.
De acordo com guias locais, no topo da montanha era a residência do sumo sacerdote. Todas as manhãs, antes do nascer do sol, o sumo sacerdote, com um pequeno grupo ia a pé a Machu Picchu para assinalar a chegada do novo dia. 
Como visitar 
A entrada para escalar Huayna Picchu fica dentro da cidadela de Machu Picchu.
 Você deve estar no ponto de verificação  entre as 07:00 e 08:00.
Você recebe um tempo máximo de 3 horas para concluir a escalada da montanha Huaynapicchu. Depois, terá mais 4 horas para explorar a cidadela de Machu Picchu após sua subida à montanha Huaynapicchu.

Tome muita água e chá de folhas de coca, pois isso auxiliará seu corpo a adaptar-se mais fácil com a altitude.

Korikancha : templo do sol

18 comentários

O Templo de Korikancha ou templo do Sol  era um local sagrado de rituais e oferendas ao Deus Sol , cultuado pelos Incas. 

È uma obra da arquitetura Inca e um dos mais importantes complexos arqueológicos  sagrado daquele povo.


Nosso tour pelo vale sagrado dos Incas inicio por esse grandioso templo , que mistura a cultura Inca e a colonial Espanhola,um local um tanto místicos e cheio de história para nos contar.

Aconselho a fazer a visita com um guia , para obter todas as informações , o ingresso custa em torno de 15 soles . Estavamos com  o Marco , guia local que nos acompanhou  por todos os dias que estávamos em Cusco .


Construído com pedras polidas encaixadas , no templo do sol foi construído o convento de Santo Domingo , tem uma igreja estilo Espanhola e até uma pinacoteca com lindas obras de artes.


História

As paredes feitas de pedra de calcita e andesito dão o acabamento perfeito, que prevaleceu pelo tempo – inclusive a 3 terremotos. Possui alguns cronistas, como Garcilaso de la Vega e Cieza de León que descreveram o lugar como o “templo decorado em ouro” e a importância do complexo para a população Inca. É importante destacar que o líder Inca Huayna Capac deu importância especial ao templo e tentou concentrar o império dos Incas nesse lugar. Então ele pediu que todas as pessoas ricas fossem mandadas para Coricancha; isso ajudou criar um império forte e favoreceu o movimento revolucionário

Principais Atrações em Coricancha

O Templo do Sol

Esse é o templo principal de Coricancha. Ocupa mais da metade da atual Igreja de Santo Domingo. Uma das coisas mais interessantes para ver é o corpo embalsamado da criança do sol, posicionado pela prioridade nas cadeiras e mesas de ouro. As paredes foram cobertas com pratos de ouro. Houve uma grande representação do deus Huiracocha, bem como várias múmias encontradas lá. O templo foi protegido pelos mamaconas (sacerdotisas do sol). Uma grande área do templo foi demolida pelos espanhóis para construir parte da Igreja de Santo Domingo. 

O Templo da Lua 
Perto do Templo do Sol, essa construção foi considerada a esposa do Sol: a Lua. Consequentemente, desempenhou um papel importante em Coricancha. O templo era lindo; foi decorado com partes prateadas, e com representação da lua feita de prata. Grande parte do templo da lua foi demolido pelos espanhóis para construir parte da Igreja de Santo Domingo.

O Templo de Vênus e as Estrelas

Acreditavam que as estrelas foram as filhas dos Incas e servas da lua. Esse templo estava perto ao Templo da Lua, mas era separado por uma pequena viela, que foi dedicado à Vênus. Os Incas chamaram Vênus “chasca” que significa “estrela”. De acordo com algumas histórias, o Inca ficou no templo para ser divinizado pelos festivais, cerimônias ou sacrifícios que realizavam em um pátio retangular.

Templo Arco-Íris

O arco-íris foi adorado no templo e segundo às crenças antigas, os Incas acreditaram que ele veio do Sol. Uma parte desse templo também foi demolido durante a construção do Convento Dominicano.

O Jardim Solar

O Jardim Solar se tornou quase um armazém de oferendas levadas em honra ao deus sol. Consiste de muitas coisas, como flores e folhas levadas do Tahuantinsuyo. Pesquisas indicam que essas oferendas foram feitas de ouro e prata. Eles foram tão abundantes que encheram o jardim. Durante a época Colonial, se tornou o jardim dos frades dominicanos.

As Fontes

Na Coricancha original haviam 5 diferentes fontes e a origem da água foi um grande segredo. Cada fonte tinha um significado religioso diferente e foram decorados com lindos metais.

Salinas de Maras, Peru

27 comentários

  Uma visão espetacular dos tanques de extração de sal, desde os tempos pré-Incas, formam uma paisagem inusitada em meio o Vale Sagrado dos Incas. Para chegar, uma trilha de 4 km com muitas paisagens em meio a natureza e um pouco de esforço físico, ainda mais exigido pela altitude – são mais de 3,3 mil metros acima do nível do mar. A caminhada é recompensada já lá de cima da trilha com as salinas na base de um vale, avançando entre duas montanhas.


Hoje, são mais de 5 mil tanques de 5×9 metros com 30 cm de profundidade, abastecidas por um único manancial salgado, ligados por um aqueduto. Pequenos canais ligam um reservatório a outro onde a água corre lentamente para baixo promovendo o processo de evaporação.

Somente três lugares do mundo têm este processo de extração de sal da montanha: aqui (Peru), Himalaia e Bolívia. O sal rosa vem daqui.  Em um único ano exportaram 20 mil toneladas de sal.

O passeio é combinado com o sítio arquiológico de Moray.

Trilhas nos Canions: Itaimbezinho

9 comentários
O Itaimbezinho faz parte do Parque Nacional dos Aparados da Serra, localizado a 18 km do centro de Cambará do Sul, com acesso por estrada de terra, no sentido litoral, para Praia Grande.

Hoje foi dia de conhecer o mais famoso cânion de Cambará do Sul ,e o que chama mais a atenção. 


Suas paredes medem 5,8 km de extensão, 720 metros de profundidade e 600 metros de largura.


 Na parte alta do cânion tem duas trilhas que permitem contemplar os principais atrativos, elas podem ser feita em um só dia.


          Trilha do Cotovelo.



Começamos pela trilha do cotovelo, uma caminhada por estrada até um mirante onde se pode avistar a imensidão de paredões.
o percurso é de fácil acesso ,com 6,30 quilômetros entre ida e volta , levando em torno de 3 horas.



O Itaimbezinho é o atrativo natural mais visitado na região , e não é atoa , sabe aquele lugar que você vê nas fotos e fica e fica sonhando em conhecer!





            Trilha do Vértice

Na parte da tarde fizemos a trilha vértice, onde podemos avistar o inicio do cânion (vértice).






No decorrer da trilha, comtemplamos a cascata véu de Noiva que cai de uma altura de 700 metros .  A trilha percorre 1,4 KM pela borda do Cânion. 
 





          De bônus da trilha:



 

Café do Vô Marçal e artesanatos da Vó Maria.

 Há varias Plaquinhas indicando o caminho para essa casinha maravilhosa , a poucos metros dos cânions.






Na casa que tem 75 anos , mora a família que abre as portas para os turistas durante o dia .Aqui você pode fazer uma pausa para o pastel frito e um cafezinho, (a dica é o pastel de pinhão) , descansando dentro da casa ou fora. 




Assim encerramos , com essa paisagem e lembranças da casinha de nossas Avós.


Foto By: Guia Michelle Carvalho



Você gosta de trilhas , de belezas naturais ? já conhece a região dos cânions ? 
 

Eu viajo com a TRIPTRI e super recomendo . 

Próxima Aventura:
A trilha na parte de baixo, no interior do cânion, tem entrada por Praia Grande (SC) chama _se trilha do Rio do boi , é preciso de um dia inteiro. È uma trilha para turistas mais aventureiros com uma caminhada longa pelo interior do cânion que exige mais esforço físico, preciso me preparar!!!Até a Próxima.

Compre no link e ganhe 10% desc

Se você como eu gosta de um bom vinho Clik AQUI

Se você como eu gosta de um bom vinho  Clik AQUI
visite wine lovers

Pesquisar