Mostrando postagens com marcador Templos. Mostrar todas as postagens

Catedral São Pedro de Alcântara.

24 comentários

 Um dos maiores cartão postais da cidade serrana do Rio de Janeiro é a imponente Catedral.

São Pedro de Alcântara foi padroeiro da cidade na época da monarquia Brasileira , assim ela foi construída em sua homenagem.




 É uma Igreja histórica com arquitetura neogótica francesa impressionante , assim como seus vitrais e pinturas de Carlos Oswald.


 O altar gótico contém relíquias de São Magno, Santa Aurélia e Santa Tecla, trazidas de Roma pelo Cardeal D. Sebastião Leme. As portas principais pesam 2.400 kg cada.


No seu interior destaca-se o Mausoléu onde estão os restos mortais da Família Imperial (dom Pedro II, dona Teresa Cristina, Princesa Isabel e Conde D`Eu, seu primogênito D. Pedro de Alcântara e sua esposa D. Elisabeth) e também podem ser vistas esculturas de Jean Magrou, Bertozzi. 


Quando o major Júlio Frederico Koeler projetou a cidade de Petrópolis, já havia reservado o local para a construção da Catedral, estrategicamente colocada em frente a Av. Koeler, a rua mais nobre da cidade àquela época. Atualmente a Av. Koeler ainda guarda sua beleza com suas casas antigas, o Palácio Rio Negro e a Casa da Princesa Isabel, que fica bem em frente à catedral.



Para acompanhar nossas viagens e atividades siga no INSTAGRAM - FACEBOOK

Templo Debod - Madri

7 comentários
É Um local cheio de História, rodeado de jardins , onde muita  gente aproveita para fazer piquenique . 
Visitar o interior do templo , apesar de não estar  bem conservado , é grátis e vale apena.

Trata-se de um templo egípcio do século II a.C. instalado no Parque do Quartel de Montanha, perto da Praça de Espanha. O templo foi doado a Espanha pelo governo egípcio para evitar que ficasse inundado devido à construção da grande barragem de Assuão.





A construção do templo teve início no princípio do século II a. C. com o rei Adijalamani de Meroé, que dedicou uma capela aos deuses Amón e Isis, decorada com relevos. Reis posteriores, da dinastia ptolemaica construíram novas divisões ao redor do núcleo original. Com a anexação do Egipto ao Império Romano, os emperadores Augusto, Tibério e talvez, Adriano, terminaram a construção e a decoração do edifício.


Apesar de ser próximo do centro de Madrid e da Plaza da Espanha você pode usar a linha turística Rota 1.

Mosteiro dos Jéronimos/Lisboa

9 comentários


O Mosteiro dos Jerónimos ou Mosteiro de Santa Maria de Belém é um mosteiro português da Ordem de São Jerónimo construído no século XVI. Situa-se na freguesia de Belém, na cidade e concelho de Lisboa. Tem, desde 2016, o estatuto de Panteão Nacional.


 O Mosteiro dos Jerónimos é um dos mosteiros mais bonitos da Europa. Idealizado em 1496 pelo rei Dom Manuel I, a construção levou mais de 90 anos para ficar pronta


Como chegar ao Mosteiro dos Jerónimos em Lisboa


Horários e preço da visita ao Mosteiro dos Jerónimos em Lisboa


O Mosteiro dos Jerónimos abre de terça a domingo, entre outubro a abril, das 10h às 17 h 30 min (última entrada às 17h) e de maio a setembro das 10h às 18 h 30 min (última entrada às 18h). Ele fecha às segundas, no dia 1º de janeiro, no domingo de Páscoa, no 1º de maio, 13 de junho e 25 de dezembro. O bilhete individual custa 10€ e há entrada livre no 1º domingo de cada mês e para crianças até 12 anos.
A entrada  se dá pela Praça do Império.
caso venha do centro de Lisboa, o ideal é chegar de eléctrico (15) ou de ônibus (727, 28, 729, 714 e 751) a partir da Praça do Comércio. E em caso do carro ser seu meio de transporte, o trajeto dura menos de 20 minutos.