Mostrando postagens com marcador região sul. Mostrar todas as postagens

Porto cara de mau : restaurante temático em Porto Alegre que vale apena conferir !

4 comentários

A capital gaúcha está cheia de lugares divertidos e inspirados em temas bem diferentes e o Porto cara de mau é um deles, fui conferir e vale cada centavo pago.


Porto cara de mau,é uma pizzaria  aonde você é servido por um bando de piratas que interagem o tempo todo e se dividem entre as mesas e o palco , alem de toda essa diversão os sabores e a qualidade das pizzas são realmente superior.


Fomos comemorar em família o aniversario do meu filho Junior ,não poderia ser melhor , a diversão é garantida do inicio ao fim , os shows muito animados e super  profissional.


Os ingressos podem serem comprados antecipadamente , mesmo assim não dá direito a reserva de mesa .


 A espera e no bar,onde você pode tomar um  drink  e relaxar enquanto aguarda a mesa.

  
Com estacionamento e uma ótima localização,fica no boulevard laçador ao lado do Aeroporto Internacional salgado filho , na capital Gaúcha.





È um ambiente bastante instagramável ,muito bem decorado e organizado , desde a fachada a parte interna.


Hotel pacífico - Tramandaí/RS

Nenhum comentário
Sempre que viajo e me hospedo , trago aqui no blog a minha  opinião pessoal sobre o hotel. 

Este final de semana fui a praia de Imbé/Tramandaí com a família 
(3 adultos e 3 crianças).
Para quem não conhece , são duas praias gaúchas RS ,separadas apenas pela ponte Giuseppe Garibaldi, e  da  tranquilamente para curtir as duas praias em um final de semana.



O hotel Pacifico é um hotel familiar , bem aconchegante e dispõe tambem de quarto família que acomoda  tranquilamente  6 pessoas e ainda com o benefício de ter uma cozinha(no quarto), muito útil quando se está com  crianças.

Os funcionários muito atenciosos , o hotel oferece um café da manhã simples , e o único ponto negativo e as mesas do café alta, nada confortáveis e não possibilita reunir a família na refeição. 



A reservar pode ser feita pelo Booking ou diretamente com o hotel no  whatsapp .


Conheça Porto Alegre com a linha de Turismo / Zona Sul

8 comentários


Conheça neste post o trajeto zona Sul  , como  o tour  histórico é feito a bordo de um ônibus de dois andares superior panorâmico.

O tour Zona Sul é sem paradas, cujas principais atrações são as paisagens naturais da cidade.

Os destaques no passeio são a praia de Ipanema, algumas propriedades da rota turística Caminhos Rurais de Porto Alegre e o Santuário Nossa Senhora Mãe de Deus, que do alto do Morro da Pedra Redonda permite uma vista de 360° da cidade.


Assim como o circuito do Centro Histórico, o roteiro Zona Sul também tem início no terminal na Secretaria de Turismo. O início do roteiro repete alguns atrativos do outro roteiro. Passa pelo Parque da Harmonia, Parque Marinha do Brasil, Estádio Gigante da Beira-Rio, Orla do Guaíba e Fundação Iberê Camargo e o Barra Shopping. 



Daí em diante o passeio vai ficando diferente e se afastando das áreas mais movimentadas da capital. Passamos pelo Hipódromo do Cristal, pelos Clubes Náuticos e suas inúmeras embarcações, sempre acompanhando a orla do Guaíba, até chegar à bela Praia de Ipanema.



Horários:

O city tour Zona Sul tem partida às 10h e às 15h, de terça a domingo, sempre com a exigência de, no mínimo, 10 pessoas para a realização do passeio , cancelado em caso de chuva.

Ponto de Partida: CIT Terminal  Linha Turismo (Travessa do Carmo, 84 – Cidade Baixa).

Ingressos: R$30,00 panorâmico.

Horários para compra dos tickets Linha Turismo

CIT Mercado Público (Largo Glênio Peres, s/n): 8h às 15h30

CIT Terminal Linha Turismo (Travessa do Carmo, 84): 8h30 às 16h30

Conheça Porto Alegre com a linha de turismo / Rota histórica

6 comentários

 A linha turística da Capital Gaúcha  oferece dois passeios a bordo de ônibus com dois andares e piso superior.



City tour Centro Histórico

O roteiro Histórico tem o funcionamento hop On-hop Off que permite que você embarque e desembarque em seis pontos do trajeto para você conhecer melhor os detalhes de cada um deles.


O foco deste passeio são os atrativos históricos, arquitetônicos e culturais da região mais central, onde a cidade nasceu.


Praça da Matriz

Entre os destaques estão a Praça da Matriz, a Usina do Gasômetro, as margens do lago Guaíba e o Parque da Redenção.



Funcionamento: De terça a domingo, das 9 h as 17:30 h. 

Preços: Normal: R$ 30,00
Crianças de 3 /12 anos, + 60 anos e estudantes comprovados pagam metade.
Duração do percurso direto: 1:40 h
Pontos de partida: TERMINAL LINHA TURISMO – Travessa do Carmo,84/Cidade Baixa) e CIT MERCADO PÚBLICO – Largo Glênio Peres, s/n – (Centro Histórico).

Para mais informações, acesse o site oficial da Linha Turismo
Contato: reservas@turismo.prefpoa.com.br
Fone: 
(51) 0800.517686 ou (51) 3289.6741

Horários para compra dos tickets Linha Turismo

CIT Mercado Público (Largo Glênio Peres, s/n): 8h às 15h30

CIT Terminal Linha Turismo (Travessa do Carmo, 84): 8h30 às 16h30


Conheça tambem a rota zona Sul Aqui

5 filmes que contam a história do Gaúcho.

9 comentários


O Quatrilho
A história se passa no ano de 1910, numa comunidade rural na serra do Rio Grande do Sul, habitada por dois casais muito amigos, que se unem sob o teto de uma mesma casa, unindo forças para enfrentar as dificuldades da vida, até que a esposa de um casal resolve se envolver e decide fugir com o marido do outro casal.
A maior parte do filme foi gravado na cidade de Farroupilha, tendo como plano de fundo de muitas cenas a Cascata do Salto do Ventoso e o caminho de pedras.




Anahy de las Misiones
O filme conta a saga de uma mulher e seus dois filhos que percorrem o estado do Rio Grande do Sul, durante a Revolução farroupilha (1835-1845). A história de uma mãe coragem que possui como único objetivo manter sua família unida a qualquer custo, e que para sobreviver perambulam pelos campos gaúchos entre os revolucionários farroupilhas e os legalistas caramurus, recolhendo os despojos dos combates. Em sua longa jornada pela sobrevivência, Anahy passa por episódios lendários e históricos da Guerra dos Farrapos.
O filme foi gravado em mais de 20 locações espalhadas pelo estado do Rio grande do Sul, sendo algumas das cenas mais marcantes rodadas nas cidades de Cambará e Caçapava do Sul.


A paixão de jacobina
O filme conta a história verídica ocorrida no ano de 1871 na cidade de Sapiranga, em uma colônia de imigrantes alemães luta para sobreviver aos efeitos da Guerra do Paraguai. Este foi um dos momentos mais conturbados da história de Sapiranga, quando no final do século XIX, Jacobina Mentz e seu marido João Maurer fundaram uma seita religiosa sediada no Morro Ferrabráz, sob o nome de “Muckers” (em alemão significa falso santo). Jacobina sofria de ataques epiléticos, isto fazia com que ela fosse vista como vítima de um transtorno nervoso, agravados por leituras de natureza religiosa. João Maurer realizava curandeirismo, e era auxiliado por sua esposa Jacobina que aos poucos foi misturando a religião no atendimento dos doentes, o que a tornou famosa por suas meditações milagrosas. Habitantes da região realizaram um abaixo-assinado buscando uma posição da imprensa local da época, contra Jacobina. Com isto surgiram diversos conflitos entre os grupos contra e a favor de Jacobina, o que acarretou em violência e morte. Porém, em agosto de 1874 um traidor chamado Pedro Serrani, levou as forças policiais até o esconderijo de Jacobina que foi morta junto com a maioria dos Mucker.





Netto perde sua alma
O filme conta a história de o General Antônio de Souza Netto, que é ferido durante a Guerra do Paraguai (1864-1870) e recolhido ao hospital militar de Corrientes, na Argentina.
Neste período, ele passa a perceber coisas estranhas acontecendo com outros pacientes ao seu redor, até o dia em que recebe a visita de um antigo companheiro de batalhas, o sargento Caldeira e juntos relembram o passado durante a Guerra dos Farrapos, passando por inúmeras histórias, encontros trágicos, amigos, inimigos e amores.


O tempo e o vento
O filme é baseado na trilogia homônima de Erico Verissimo, e retrata a história de 150 anos da família Terra Cambará e de seus oponentes da família Amaral, a partir das lembranças de Bibiana, personagem principal da trama e de seu marido Capitão Rodrigo Cambará.
Uma história de lutas, amores e disputas entre duas famílias que começa no período das Missões e se estende até o final do séc. XIX, apresentando também a história do período de formação do estado gaúcho e da disputa do território entre as coroas portuguesas e espanholas. O filme foi rodado com locações nas cidades de Bagé, Candiota e Pelotas.


Você já conhece o Rio Grande do sul e a cultura gaúcha ? Se  tens curiosidade assista os filmes e leia tambem o post que fala da semana farroupilha.


Orgulho de ser gaúcha.




Para acompanhar nossas viagens e atividades siga no INSTAGRAM - FACEBOOK


Oque ler para conhecer a história do Rio Grande do Sul

2 comentários

 Este é mais um post em comemoração a Semana Farroupilha, que inicia do 13 a 20 de setembro com as comemorações tradicionalista do Rio Grande do Sul.

Devido a pandemia da Covid 19 e a proibição de aglomerações  esse ano as comemorações vão ser bem diferentes.
Minha dica é que você conheça a nossa historia através da leitura.


A casa das sete mulheres é um livro  da escritora gaúcha Letícia Wierzchowski, foi lançado em 2002 e conta a história da saga da família de Bento Gonçalves, na época do Brasil Imperial, no momento em que os homens partiram para a guerra dos farrapos e as mulheres permaneceram à espera de um desfecho, na estância da família. O livro ganhou uma adaptação para a tevê com uma série homônima.



Minuano Livro do escritor Tabajara Ruas, mostra de uma forma singular a Revolução Farroupilha, contando como um cavalo crioulo viu o conflito que se iniciou em 1835 e se estendeu por 10 longos anos. Utilizando-se da mesma narrativa do filme Cavalo de Guerra (2011), em que o cavalo narra suas desventuras durante a I Guerra, o livro Minuano é leve e traz uma outra perspectiva a respeito da guerra dos farrapos.


Garibaldi e Manoela 
essa obra de Josué Guimarães o livro apresenta um texto delicado e preciso construindo uma história requintada, repleta de emoção que fascina o leitor, que acompanha o belo e triste romance entre Giuseppe Garibaldi e Manoela, sobrinha do general bento Gonçalves, ocorrido durante a revolução farroupilha.


O tempo e o vento

Leitura indispensável para quem quer conhecer uma pouco da história do Rio grande do sul, esta obra prima de Érico Veríssimo é composta por três livros:

O continente: Esta primeira parte da trilogia narra o nascimento do Estado do Rio Grande do Sul através das famílias Terra, Caré, Cambará e Amaral.

O retrato: Rodrigo Terra Cambará decide voltar a sua terra-natal, Santa Fé, após ter ido estudar medicina em Porto Alegre. Nesse segundo romance da trilogia acompanha-se a decadência social de Santa Fé na passagem para o século 20 causada por interesses e jogos políticos.

O Arquipélago: O terceiro e último romance da trilogia “O tempo e o vento” narra a volta de Rodrigo Cambará à Santa Fé depois de passar muitos anos no Rio de Janeiro ao lado do então presidente Getúlio Vargas, seu amigo e aliado. Assim, o poder da família Terra Cambará, que era somente local, adquire em “O Arquipélago” um âmbito nacional. Após o fim do Estado Novo, Rodrigo está derrotado politicamente e doente. Rodrigo se vê na luta de não morrer na cama, uma vez que “Cambará macho não morre na cama”.


Se você quer saber mais sobre a semana farroupilha acesse o link e leia mais.

Orgulho de ser Gaúcha.



Para acompanhar nossas viagens e atividades siga no INSTAGRAM - FACEBOOK


PORQUE 20 DE SETEMBRO É FERIADO NO RIO GRANDE DO SUL?

6 comentários
A data recorda o dia em que teve início a Revolução Farroupilha ou Guerra dos Farrapos.

Em 20 de setembro de 1835, os farroupilhas – liderados por Bento Gonçalves – venciam o confronto da Ponte da Azenha e entravam na província de Porto Alegre. 


Iniciou-se a Guerra dos Farrapos, o mais duradouro conflito armado da história do Brasil que resultou na declaração de independência do Estado do Rio Grande do Sul, dando origem à República do Piratini, que durou cerca de sete anos.

  Guerra dos Farrapos – também chamada de Revolução Farroupilha – é o mais longo conflito armado ocorrido em território brasileiro (teve início em 1835 e terminou em 1845). É considerada uma das mais importantes passagens da história do Rio Grande do Sul, um marco da formação social e política do Estado. A importância do dia 20 de setembro é tão grande que em 1978 foi decretado feriado em todo o Estado pela lei estadual 4.453/78.
 

 A semana farroupilha para nós gaúchos é semana de festas tradicionalistas ,mais não é apenas o dia 20 de setembro que é dia de festa no Rio Grande do Sul , temos os ctgs que são centros de tradições culturais que cultivam nossa tradições por todo o ano.



Post : Porque eu sou gaúcha , tchê.

Trilha nos Canyons : Fortaleza

12 comentários

O Parque Nacional da Serra Geral, em Cambará do Sul foi criado em 20/05/1992, possui este nome devido à formação geológica em que se encontra.

O Cânion Fortaleza é um dos maiores e mais bonitos cânions da região. Sua extensão é de 7,5 km e suas paredes chegam a impressionante profundidade de 900 metros. Isso já é suficiente para responder o porquê de seu nome: a grandiosidade de suas paredes remete às antigas fortalezas do período medieval.

 

A Trilha do Mirante leva a um dos pontos mais altos do cânion. 


Aquele que por lá chegar extenuado pela subida, pode recuperar suas energias apreciando as planícies gaúchas e catarinenses e, com sorte, a cidade de Torres, em dias sem muita nebulosidade.


A beleza compensa o esforço, os cânions nos  deslumbram , com seus contornos ondulantes em uma paisagem natural. São vales profundos, como se fossem montanhas com a garganta aberta que rendem belíssimas fotos e momentos de descanso e reflexão.


Para acompanhar nossas viagens e atividades siga no INSTAGRAM - FACEBOOK


 visite também:

 Caniôn Itaimbezinho

 Saiba oque usar na sua primeira trilha 

  Um dia em Cambará do sul

Parque das Aves /Foz do Iguaçu

2 comentários



O parque das Aves é um parque temático, atualmente o segundo atrativo mais visitado em Foz do Iguaçu e está localizado bem frente a entrada para as Cataratas .


 Sendo a única instituição do mundo focada na conservação das aves lindas e exuberantes da Mata Atlântica, oferecendo uma experiência de contato próximo, imersivo e encantador aos visitantes.


O parque  tem como seu principal objetivo a recuperação e o abrigo de animais que foram apreendidos do contrabando pela polícia Federal.

O passeio costuma durar entre 1h30 e 3 horas, dependendo de quanto tempo você desejar passar em cada recinto.


Quem visita Foz do Iguaçu não pode deixar de viver a experiência de conexão com a Mata Atlântica e suas espécies que o Parque das Aves oferece.


Todo o caminho é plano e calçado, tornando o mesmo acessível para pessoas de todas as idades, carrinhos de bebe e cadeirantes. O trajeto é todo sinalizado, possuindo banheiros, áreas para descanso e dois pontos para alimentação.


        


Você pode comprar seu ingresso antecipado AQUI , evitando fila. Estudante,professores Brasileiros , deficiêntes físicos , idosos e moradores tem tarifas reduzidas.

Cataratas do Iguaçu /Paraná

7 comentários

      

As Cataratas do Iguaçu é um conjunto de cerca de 275 quedas de água no rio Iguaçu onde grande parte da água  cai na chamada “Garganta do Diabo”:  um abismo de 82 metros de altura, 150 metros de largura e 700 metros de comprimento, declara como uma das maiores beleza natural do Brasil.


No lado brasileiro, há uma trilha a percorrer, de 1,2 Km e que leva aproximadamente 2h, até chegar ao ponto mais desejado pelos turistas.

 

As Cataratas do Iguaçu estão localizadas no Parque Nacional do Iguaçu, região oeste do estado do Paraná, exatamente na fronteira entre o Brasil e a Argentina. A visita pode ser feita tanto pelo lado brasileiro quanto pelo lado argentino ,o recomendável, se for possível, é conhecer os dois lados.


A aconchegante Foz do Iguaçu recebe e encanta viajantes  dos quatro cantos do mundo.

Os amantes da natureza precisam dividir sua atenção entre paisagens inesquecíveis, espécies raras de animais e muito verde! Além das belíssimas Cataratas, a cidade oferece, também, atividades radicais, parques, variedade de restaurantes, passeios, hotéis sofisticados e muito mais! Sem contar a possibilidade de fazer comprinhas no Paraguai.


Leia Tambem:

Marco das Três Fronteiras 



Para acompanhar nossas viagens e atividades siga no INSTAGRAM - FACEBOOK

Conhecer a capital Paranaense é fácil e barato .

9 comentários

Curitiba e considerada  cidade modelo do Brasil, limpa , bonita organizada , com belos  parques , museus e construções antigas bem conservadas que vale muito apena conhecer.

A cidade é verdadeiramente um exemplo de organização e já teve seu transporte publico como referência mundial. 



Para conhecer Curitiba, você não precisa contratar agências de viagem ou gastar muito dinheiro. A Prefeitura oferece uma alternativa bem vantajosa , a Linha Turismo do tipo hop-on hop-off que percorre 25 pontos turísticos da capital.


O ponto inicial fica na Praça Tiradentes, mais você pode embarcar em qualquer um deles. 


Os cartões de embarque podem ser adquiridos diretamente nos ônibus, em qualquer ponto , apenas em dinheiro e custa 50 reais para você percorrer o trajeto descendo quantas vezes quiser.


O horário de operação da linha é das 9h às 17h30, a cada 30 minutos e possui uma tabela bem organizada (ver tabela de horários)

Para acompanhar nossas viagens e atividades siga no INSTAGRAM - FACEBOOK